Últimas Resenhas

Resenha | Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Maas

16 março 2020

Título: Corte de Névoa e Fúria
Titulo Original: A Court of Mist and Fury
Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera
Número de Paginas: 658
Onde comprar: Amazon


Sinopse:

O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de Vidro.



Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. 

Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. 

Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Ah! Fazia muito tempo que eu queria ler esse livro, mas devido à falta de tempo e até mesmo $$ para comprar tive que adiar meus planos hahahaha, no entanto eis me aqui para falar da continuação dessa série que no final do primeiro livro me deixou cm a pulga aras da orelha.

Corte de Névoa e Fúria, segundo volume da série Corte de Espinhos e Rosas, que já tem resenha aqui no blog, foi uma história que me contagiou muito e me levou para um novo mundo de fantasia que eu não conseguia nem imaginar, calma prometo que não vou soltar spoilers.

No primeiro livro, Feyre a personagem principal passa por poucas e boas para tentar salvar todo mundo, e isso inclui os humanos e os povos das outras Cortes, e como diz a sinopse, sim ela consegue, porém nem tudo são flores e ainda tem muitas coisas a serem resolvidas para que tudo seja maravilhoso novamente, sim acredite ainda tem muita coisa para ser consertada e arrumada.

Uma coisa que tinha me deixado muito encucada no primeiro livro foi o relacionamento de Feyre com o antagonista (o personagem que é o inverso do mocinho, digamos assim), Rhys, senhor da Corte Noturna, bem como o relacionamento dela com o mocinho Tamlin, o Rei da Corte da Primavera, sim eu fico desconfiada desde o Snape de Harry Potter, então faça como eu não acredite em tudo que lê e desconfie de tudo, pois nem sempre tudo é preto no branco, e é exatamente isso que encontramos por aqui, e pode relaxar que isso é tudo o que vou dizer.

O segundo volume é uma sequência de tirar o folego do leitor, onde tudo que imaginamos que era certo pode não ser e que amigos não são tão amigos assim, Sarah J. Maas construiu um mundo para nós no primeiro volume, mas nesse segundo ela nos mostra realmente como as coisas eram nas Cortes antes da Amarantha surgir e virar tudo de ponta cabeça!

E isso é que mais me agradou na leitura, porque coisas que me incomodaram no primeiro volume, nesse segundo me fizeram ver que eu estava certa! Sim, eu gosto de estar certa, e quem não gosta né! Muitos outros fatos vêm a luz e vamos começando a separar o joio do trigo e compreender que nas Cortes existe muito mais do que imaginamos.

E devo adiantar que o final foi muito mais impactante do que o esperado e a reviravolta foi uma das mais tensas que eu já vi, e sim, pode aguardar que a resenha do terceiro volume vem aí, que eu não vou me acabar na ansiedade esperando não! Recomendo!  
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)