Últimas Resenhas

Resenha | Meu Querido Chefe - Caroline Almeida

17 outubro 2019

Título: Meu Querido Chefe
Autor: Caroline Almeida
Editora: Amazon
Número de Paginas: 189
Onde comprarAmazon


Sinopse:

Rachel Turner vive em uma luta constante contra a balança. Com os seus 27 anos, ela é uma advogada que está desempregada há três meses. Depois de uma busca incansável por empregos, ela consegue um como secretária em uma das maiores empresas de advocacia, a Law Company. Rachel ainda não conheceu seu chefe, que por acaso é o criador e fundador dessa empresa.

Será que Rachel, através de sua incrível personalidade atrapalhada e gentil, conseguirá domar a fera?

Mark Firth é um dos maiores advogados de Nova Iorque. Um britânico totalmente sério e frio, mas incrivelmente sexy. É conhecido por ser totalmente rígido com os seus funcionários, sempre exigindo a perfeição. Quando volta de uma viagem de trabalho, conhece a sua nova secretária, que de profissional não possui nada. Será que Mark conseguirá não se apaixonar por sua secretária totalmente atrapalhada?

Ou ele cederá aos seus desejos?
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Eu comecei a gostar muito de ler romances independentes e clichés para relaxar, sim pois você já sabe o que esperar e é claro vê as trapalhadas que acontecem no decorrem do caminho até o final feliz sempre pode render boas risadas! E foi assim que eu me depare com Meu Querido Chefe da Carolina Almeida.

Rachel Turner é uma mulher que tem uma familia pra lá de animada, mas intrometida que sempre quer saber como anda a sua vida amorosa, vulgo sua mãe, que sempre fazem festa para tudo e implicam sobre seu peso, a ponto da moça virar paranoica com isso.

Mark Firth é um homem serio e decidido que conseguiu sair da asa do seu pai e fundar o seu próprio escritório de advocacia e hoje é um dos melhores advogados de New York, mas é super desconfiado quando se trata de relacionamentos pois já foi machucado no passado.

Meu querido chefe é um romance que tinha tudo para ser maravilhoso e divertido com uma mocinha atrapalhada e fofa, um chefe rígido, mas com um que de malicia, amigos para lá de divertidos e sinceros e é claro uma família que sozinha já dá muito o que falar!

Ao começar a leitura, já fiquei super empolgada porque o romance prometia muito, mas desde ao "roubo" do táxi ao encontro mesmo dos dois, eu não senti a química nem nada, na verdade me deu foi raiva da situação, no decorrer da história, visto que ambos estão sempre juntos até porque ela é a secretária dela, pensei que pudesse ocorrer mais interações entre eles e fosse uma coisa bem gradativa, mas o que eu vi foram eventos empurrados goela abaixo e te vira para realizar, sem falar nas reações super exageradas e sem motivos aparentes, e isso já me deixou com o pé atrás.

O relacionamento, se é que se pode dizer assim, dos dois  não começa de forma convencional, e se desenrola da mesma forma, só que é claro lutando com a insegurança da Rachel cm relação ao seu peso e ao aparecimento do passado do Mark, que poderia ter sido muito bem explorado, visto que ele foi traído pela noiva e por um amigo, que cai de paraquedas na história e tenta chegar na mocinha a força, o que realmente não deu para engolir. O que gerou várias cenas de violência, vulgo lutas com vários socos, que eu me pergunto se tinha necessidade de tudo aquilo.

A relação de Racherl com Lucy, a sua prima que desde sempre roubou seu namoradinhos, tem uma reviravolta, que eu gostei sim, mas achei que poderia ter acontecido em um momento melhor, foi simplesmente jogada na história e creio para agir como uma alegria num momento terrível. E tem vários outros acontecimento que foram jogados na história sem explicação que me deixaram frustada, outra coisa que me incomodou no livro foi a falta de cuidado com a linha do tempo, onde em uma hora ela  estava no trabalho e no paragrafo seguinte já estava indo para um evento não sei aonde.

Meu querido Chefe tinha tudo para ser um livro envolvente e romântico, mas que na verdade não me envolveu muito, então se eu nuca antes havia lido um clichezinho que não me encantasse, tem sempre a primeira vez para tudo, o que é uma pena.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)