Últimas Resenhas

Resenha | A Condessa de Camus - Claire Phillips

28 novembro 2018

Título: A Condessa de Camus
Titulo OriginalLa condessa de Camus
AutorClaire Phillips
Situação: Ainda não Publicado no Brasil
Número de Paginas: 346


Sinopse:


Lady Madeleine não conseguia entender como se perder na mata em uma noite de tempestade, perto da casa onde passou alguns dias com a sua família, acabaria por levá-la a casar-se com um dos maiores libertinos contumazes das Ilhas.

O Conde de Camus conhecido como um libertino, desejado pelas mulheres e invejado e odiado também por muitos de seus companheiros, foi forçado a um casamento que não esperava e nem desejava. Como havia terminado naquela situação?

Poderia um libertino reformar-se quando não desejava ser reformado? Ela poderia perdoá-lo e acreditar que eles poderiam chegar a ter um casamento real?

*************************************************************************
Lady Madeleine no podía comprender cómo perderse una noche de tormenta en el bosque cercano a la casa donde pasaba unos días con su familia, acabaría conduciéndola al matrimonio con uno de los mayores e impenitentes calaveras de las Islas.

El conde de Camus conocido como un libertino, un hombre deseado por las mujeres y envidiado y odiado por igual por muchos de sus congéneres, se vio avocado a un matrimonio que ni esperaba ni deseaba. ¿Cómo había acabado en esa situación?

¿Podría un libertino reformarse cuando no deseaba ser reformado? ¿Podría ella perdonarlo y creer que podrían llegar a formar un matrimonio real?
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Quem não gosta de ter um tempinho livre e navegar pelos livros disponiveis nos aplicativos? Eu gosto, e dessa forma já encontrei vários romances legais, como foi o caso deste aqui! Já conheço a Claire Phillips, mas não tinha lido nenhum romance histórico dela, e sim os contemporâneos e por isso não perdi tempo e comecei a leitura.

Lady Madeline, Maddy, é uma jovem, amável, e que sonha com o seu futuro recheado de filhos e um marido amoroso, e justamente por isso ela não consegue entender como foi que sua vida saiu tão do eixo assim, pois da noite para o dia se tornou a Condessa de Camus... só no nome! Até porque seu querido marido deixou muito claro que não queria ter nenhum envolvimento com ela.

Robert, o Conde de Camus, é um homem charmoso e conquistador, e não é a toa que recebe o título de libertino de Londres, juntamente com seus amigos deixam as damas em polvorosa e seus maridos com a pulga atrás da orelha. Por isso ao encontrar uma jovem perdida não exita em ajudá-la, mas não esperava que fossem vistos juntos logo pela dama mais fofoqueira da região, resultando assim num escândalo que só seria abafado com um casamento.

Os dois depois desse fatídico acontecimento, vivem suas vidas separadas, onde Robert está em Londres como se nada houvesse acontecido enquanto Maddy esté no interior na casa da condessa de Camus, sua sogra que não está nada feliz com essa situação. Mas eis que o destino dá uma mãozinha na forma de uma belo machucado no Conde e a etiqueta diz que quem deve velar pela convalescença do marido é a esposa, e assim Maddy vai para Londres cuidar de seu enfermo marido, coma  condição de que assim que ele se restabeleça ela deve voltar para o campo sem alarde, no entanto Maddy tem outros planos e eles não incluem o marido.

A Condessa de Camus é um daqueles livros que quando você menos espera está sempre sendo adicionado mais história a estoria, sim pois tudo vai se juntando de uma forma que o encaixe é feito de forma magnífica e o leitor fica ainda mais ansioso pelo que virá a seguir.

Confesso que no início da história eu não tinha simpatizado muito com a Maddy não, ela era muito ingênua e tímida, mas no decorrer da leitura vamos vendo essa largatixa virar uma linda e adorável borboleta, que nos deixa impressionado com suas atitudes e ações, e isso ocorre de várias formas, e acredite nem eu teria imaginado um crescimento melhor!

Já Robert é o tipico mocinho de romances históricos, o libertino que tem tudo nas mãos e não deseja nenhum tipo de laço. Devo dizer que certas atitudes dele me tiraram do sério, enquanto outras eu praticamente aplaudi de pé!

E o que falar dos personagens secundários, que são tantos e tão queridos que fica difícil até se referir a eles! Mas vou dar um destaque ao tio Jordan, tio de Robert que nos encanta com o seu charme e é claro com as belas lições de vida! E não posso deixar de falar dos amigos do casal que por incrível que pareça nos deixa com a impressão de estar lendo várias histórias ao mesmo tempo e para  nossa alegria todas elas tem começo, meio e fim!

O desenrolar do romance foi um dos destaques do livro com toda a certeza! Devo dizer que eu simplesmente amei a forma como a Claire desenrolou esse ponto do livro, sim o libertino suou pacas para poder alcançar o que almejava, e isso foi maravilhoso de se ver!

E para incrementar ainda mais a história rola ainda um suspensezinho e um enigma para  ser resolvido, e nem eu imaginava que a resolução seria daquele jeito.

Um romance leve, gostoso e divertido que nos deixa feliz ao virar a página e perceber que não estamos lendo mais um do gênero, e com tantos acontecimentos é de se imaginar que a história teria furos ou até mesmo pontos sem amarração, mas não é isso que ocorre. Super recomendo!  
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)