Últimas Resenhas

Resenha | Cartas para uma Falsa Dama - Carol Townend

10 abril 2018

Título: Cartas para uma Falsa Dama
Título Original: Mistaken for a Lady
AutorCarol Townend
Editora: Harlequin Books 
Número de Paginas: 253
Exemplar cedido pela Editora para Resenha


Sinopse: 

Ainda recém-casado, o conde Tristan deixou sua esposa para defender o ducado da Bretanha. Dois anos se passaram desde a última vez que Francesca vira o belo rosto do marido. 

Durante todo esse tempo, ela escreveu incessantemente para Tristan, mas não recebeu resposta. Nem mesmo após descobrir que não era a filha verdadeira do conde Myrrdin. Aflita, ela esperava receber o pedido de anulação do casamento a qualquer momento. 

Porém, quando Tristan retorna, Francesca percebe que não é a única assombrada por segredos do passado.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Cartas para uma Falsa Dama da autora Carol Townend é o primeiro livro que leio dessa autora, e já me interessei logo pela capa e pela sinopse que pareceu ser bem diferente dos históricos que eu costumo ler, então cai na leitura sem medo de ser feliz!

Francesca é uma mulher que não sabe bem o que fazer no beco sem saída ao qual foi colocada pelas circunstâncias, circunstâncias essas as quais ela não teve culpa nenhuma, mas eis que o destino quis assim! Tudo começou muito bem, pois ela se casou com o homem por quem ela se apaixonou e estavam felizes e contentes até que o marido é chamado para defender a Bretanha e nunca mias voltou para casa, nem enviou ou respondeu cartas, que enviava todos os meses e ficou sem respostas mesmo assim.

Até o dia em que ela vai visitar o castelo de seu pai e lá recebe uma visita, que na verdade mudou o seu mundo de pernas para o ar, pois a visita é nada mais nada menos do que a verdadeira filha de seu pai, o que consequentemente deixa Francesca sem nada, desde sem saber de onde veio e o que vai fazer depois disso, pois depois que descobriram que ela na verdade não era uma "Dama" passam até a exigir que ela se separe do marido por não ter o "pedigree" certo.

Tristan, Le Bleu (que quer dizer O Belo), teve que praticamente se afastar de sua esposa e de sua vida de recém-casado para defender o Ducado, defesa essa que ele não esperava durar tanto tempo, mas eis que durou mais de dois anos, e nesse ínterim mesmo sem ficar um minuto sem pensar em sua amada, não arruma um tempinho para escrever para ela. Ao descobrir a verdade sobre a sua esposa, ele viaja assim que possível para encontrá-la e descobrir quem na verdade ela é: se é uma mulher interesseira ou uma mulher doce e inocente.

Cartas para uma falsa Dama é um daqueles livros que você começa a ler interessada pelo título e pela sinopse mas que no decorrer da leitura passa a pensar que se trata de outra coisa e no fim não sabe definir bem o que foi que leu! Sim, foi desse jeito que eu me senti ao terminar a leitura, e devo confessar que em várias partes eu tentei desistir da leitura, mas perseverei e segui em frente!

A história se passa na epóca medieval, onde existiam muitos duques, lordes, damas, e afins, o título era muito importante pois ele ajudaria a produzir alianças contra seus inimigos e fortalecer laços entre as famílias que eram amigas. Então deu para perceber o quanto um título é importante e o que a perda de dele poderia causar!

Francesca passou toda a sua vida pensando que era filha do seu pai, foi criada como tal e se casou pensando dessa mesma forma, e para coroar ela se casa com o melhor e partido, aquele homem que além de rico, talentoso e ótimo guerreiro é ainda ao mais belo entre todos os homens da época! E assim que ela descobre que ela não é filha do seu pai, em vez de pensar em si, ela pensa nele e o que a sua falta de "status" vai acarretar para ele!

Já Tristan se casou com ela por ter se encantado por sua doçura e pureza (para não dizer ingenuidade), e é claro devido a aliança com o seu pai e o dote da moça. E também a pressão de se casar e ter filhos, pois ele é o último de sua linhagem! Então assim que ele descobre tudo a única coisa que ele deseja é olhar para Francesca e descobrir se ela, mesmo depois de dois anos separados e sem o título dela, ela continua a ser a moça doce com quem se casou.

E acredite ou não a história para não ficar só nisso, a autora coloca um pequeno mistério para ver se tira um pouco o foco dessas pequenas crises, mas eis que o mistério em si já dá para matar logo de cara porque a autora resolve isso logo e pronto!

Francesca e Tristan parecem mais dois desconhecidos que imaginam como o outro pode ser sem conhecer de verdade um ao outro, até porque dois anos longe sem nenhum contato é bem complicado de retornar um relacionamento assim, e acredite esse foi um ponto positivo para mim, mesmo tendo aquela enrolação, eles não caem no amor assim que se veem, na verdade caem sim, mas tentam se conhecer como deveriam ter feito logo no inicio. 

Cartas para uma falsa Dama é um livro que eu sinceramente não sei se leria de novo pois a leitura é meio travada, mesmo sendo muito bem escrita, a autora fica martelando sempre nas mesmas teclas o que torna a leitura maçante. Os personagens são mornos e com poucos momentos de destaque, o que me faz imaginar se era assim mesmo naquela época, ou é apenas o estilo de escrita da autora.

Para ser o primeiro volume da série Knights of Champagne, sinceramente não sei se terei coragem para ler os outros, mas para falar bem a verdade gostaria de ler o da "irmã" dela que caiu de paraquedas e ninguém sabe muito bem de onde veio. Mas se você gosta de históricos, assim como eu, não deixe de ler e não desanime por causa do que eu falei aqui, pois eu adoraria saber o que vocês acharam desse livro.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)