18 julho 2010

O Silmarillion - J. R. R. Tolkien

Nos Dias Antigos da Primeira Era, Fëanor, o mais talentoso artífice dos elfos, cria as Silmarils, três jóias perfeitas nas quais está contida parte da luz das Árvores de Valinor, o Reino Abençoado. Morgoth, o Senhor do Escuro, rouba as Silmarils e se refugia em sua fortaleza de Angband, no norte da Terra-média. Para recuperá-las, os altos-elfos travam uma guerra prolongada e sem esperanças contra o poderoso inimigo.

O Silmarillion descreve acontecimentos da Primeira Era da Terra-média, e é dividida em cinco partes: Ainulindalë (A música dos Ainur), que fala sobre a criação de Eä, o mundo por Ilúvatar; a Valaquenta (Relato dos Valar), fala sobre a natureza e as atribuições dos Valar e os Maiar, os seres poderosos que moldaram o mundo, bem como a relação destes com Morgoth, o Inimigo, e seu servo Sauron; o Quenta Silmarillion (A História das Silmarils), relata a criação e o roubo das Silmarils, que provocou a guerra dos elfos contra Morgoth; Akallabèth (A Queda de Númeror), fala sobre o esplendor dos humanos do reino de Númenor (Os Dúnedain) e sua queda, causada pelo orgulho de seus habitantes e pelas mentiras de Sauron, o Senhor do Escuro; e, finalmente, Dos Anéis de Poder e da Terceira Era, conta brevemente como Sauron criou os Anéis do Poder num plano para estender seu domínio na Terra-média e como os Povos Livres, ajudados pelos Istari (os Magos) puderam resistir ao poder do Senhor do Escuro e destruí-lo (esse relato é detalhado pelo autor na trilogia O Senhor dos Anéis).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Dicas de Livros - 2017. Todos os direitos reservados.
Layout feito por: Rafaela Regis.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo