Últimas Resenhas

Resenha | Boa Sorte, Barbie - Aline Cabral

22 junho 2020

Título: Boa Sorte, Barbie
Autor: Aline Cabral
Editora: Coerência
Número de Paginas: 208
Onde comprarAmazon


Sinopse:

Acredita-se que exista uma ordem natural na vida: Faculdade – emprego – casamento e depois…filhos.

Não para Bárbara, que aos 17 anos ficou grávida de um cara que sumiu. Hoje, 14 anos depois, a designer de crochê e coordenadora de um clube da 3ª idade, sabe que às vezes a melhor escolha nem sempre é a mais fácil.

No entanto, a vida de Barbie, que parece ter entrando nos eixos, vira de pernas pro ar com a volta de Adam, o pai da sua filha.

Boa sorte, Barbie é uma história divertida e emocionante sobre as aventuras de uma mãe solo, que segura a onda o tempo todo, mantém as boas amizades, mas precisa aprender a enfrentar seus medos.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Eu estava tão ansiosa para ler esse spin-off que assim que a primeira oportunidade apareceu corri para ler! Sim esse é o livro da Barbie, amiga da Leila de Acima do Salto Agulha (você encontra a resenha dele aqui), que descobrimos que ia ter a vida revirada pelo avesso com a volta do pai da sua filha!

Barbara, Barbie, é uma mulher dinâmica, meiga, maluquinha, carinhosa, enfim são tantos adjetivos que a descrevem que fica até difícil descrevê-la. Aos 17 anos ela se apaixonou por um jovem com quem teve um envolvimento que mudaria a sua vida de todas as formas, primeiro ela ficou grávida, segundo o carinha por quem se apaixonou viajou para estudar no exterior sem saber disso e terceiro como ela iria lidar com tudo isso e fazer várias escolhas difíceis que nenhuma jovem deve fazer e ainda terminar o ensino médio! Sim, olha a situação, mas com a ajuda de suas melhores amigas, o suporte do pai e da vizinha ela conseguiu dar conta de tudo e teve a maior alegria de sua vida, sua filha Liz.

Passados 14 anos, Barbie está com sua vida bem estruturada (da forma que pode), sua filha se tornou uma adolescente linda e consciente, suas amigas estão sempre juntas, cuida de um centro/clube de idosos e ela finalmente faz o que mais ama, crochê!! Tanto que suas peças são super requisitadas e ela dá aulas para os Idosos no clube. Mas ao saber da volta do Adam ela se desespera com medo do que pode acontecer, até porque eles têm algumas coisinhas mal resolvidas para acertar.

Adam Barros é um arquiteto que conseguiu levar a empresa da sua família aos olhos do mundo, mas por causa da fama de sem coração, mesmo namorando um anjo (quase literalmente), a mídia não quer saber e o taxa de mal. Pensando nisso os acionistas entram em cena e o pressionam para que ele se case com a namorada, comece a fazer boas ações, e volte para onde tudo começou e espere a situação se acalmar um pouco. E é assim que os sentimentos voltam e ele decide procurar saber o que houve com a garota que nunca saiu de seus pensamentos e acaba descobrindo muito mais.

Boa Sorte, Barbie é um livro lindo, leve e superdivertido que nos emociona e nos traz grandes reflexões, pois mesmo sendo um livro leve e descontraído o leitor querendo ou não vai pescando umas coisas e isso deixa a leitura ainda mais gostosa.

Barbie é uma mulher autentica que se ama o bastante para ser ela mesma sem medo dos que os outros pensam, tanto que ela usa mechas coloridas no cabelo, listras com xadrez e muito crochê e pulseiras em sua vestimenta! Não sabe cozinhar e não tem medo de dizer a ninguém o que sente, e ela conseguiu passar tudo isso para a sua filha e melhor amiga Liz e a garota é tão maravilhosa quanto.

Adam é um homem que só tem a fama de mal e tenta se portar como as pessoas pensam que ele seja, mas ao reencontrar Barbie ele percebe que não precisa disso e passa a ficar mais confortável em sua pele e é claro ter que lidar com a descoberta da paternidade e a volta de seu amor não é tão fácil como ele imaginava, por isso ele faz ou tenta fazer todo o possível para ajudar a melhorar a situação das duas, mesmo com a teimosia da mulher que ama.

Ah! Foi maravilhoso reencontrar a Leita e a Lola! Sério, a amizade delas é linda!! Tanto que quando uma empanca a outra vai lá e dá aquele empurrãozinho para a coisa fluir, se é que você me entende. Foi ótimo ver a Leila tão bem e as loucuras da Lola de novo, sim teve alguns acréscimos nesse trio que são tão estabanados quantos elas, rsrs.

O romance entre Barbie e Adam foi lindo de se ver, pois mesmo querendo ver os dois juntos logo, como todo leitor espera, a autora sobe nos levar pelas páginas e participando de cada decisão que a Barbie levava, bem como seus medos em relação a Adam, ainda mais com a filha deles no meio.

Um romance fofo e divertido que te envolve do início ao fim, só basta agora torcer para quem sabe a autora escreva o romance da Lola, e eu confesso que já estou na torcida por um dos pretendentes. Recomendo!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)