Últimas Resenhas

Resenha | Cretino Abusado - Vi Keeland e Penelope Ward

09 abril 2019

Título: Cretino Abusado
Titulo Original: Cocky Bastard
Autor: Vi Keeland e Penelope Ward
Editora: Essência
Número de Paginas: 272
Onde comprar: Amazon


Sinopse:

Após ser traída pelo ex-namorado – chefe da firma de advocacia em que trabalhava – Aubrey decide que precisa de um recomeço. Deixa tudo para trás e aceita um emprego em uma startup na Califórnia, Estados Unidos, e parte em uma viagem de carro que mudará toda a sua vida.

Em uma parada na estrada, Aubrey conhece Chance, um homem atraente que viajava de moto. Com o corpo perfeito e sotaque australiano, o ex-jogador de futebol era bem convencido e arrogante. Quando sua moto quebra, Chance precisa da ajuda de Aubrey. Ele promete levá-la em segurança até seu destino em troca de uma carona, e os dois decidem seguir viagem juntos.

Aubrey está traumatizada após seu último relacionamento, mas sente uma atração incontrolável por aquele cretino abusado. Apesar da ligação cada vez mais forte entre os dois, Chance guarda um segredo que poderá separá-los para sempre.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Cretino Abusado é um dos livrinhos que está participando do meu desafio de 12 livros para 2019, e já já vou dizer o porque! 

É um livro escrito em parceria entre Penelope Ward e Vi Keeland, que tem a história dividida em duas partes uma quando os protagonistas se conhecem e como se desenrola a história entre eles e a outra parte se passa dois anos depois, mas mais na frente vou falar mais sobre isso.

Aubrey é uma advogada que num belo dia teve sua vida virada de cabeça para baixo quando descobriu que seu namorado/noivo a traía e por causa disso decidi largar e recomeçar, e esse recomeço vem na forma de uma oportunidade de emprego na Califórinia, então arruma suas coisas, joga tudo no carro e pega a estrada rumo a Califórnia e seu recomeço. Porém mais surpresas a aguardam no caminho, pois ao parar para abastecer ela acaba conhecendo Chance, que por ver que sua moto quebrou, acaba convencendo a moça a lhe dar uma carona.

Chance, um homem atraente, ex-jogador de futebol, charmoso e atraente, que sabe muito bem o que a mulherada quer, ainda mais comum belo sotaque, mas quando percebe que sua moto está com problemas, consegue com todo o seu charme convencer Aubrey a lhe dar uma carona, já que o destino de ambos são próximos, e assim partem juntos numa viagem que promete muito.   

Cretino Abusado é um romance que tinha tudo para ser "o romance!" Porém eu tive alguns probleminhas durante essa leitura, calma que não foi nada de outro mundo não. Como eu já falei ele foi escrito em parceria da Vi Keeland com a Penelope Ward, ambas autoras são maravilhosas, e sim eu já havia lido outros livros das duas e amei, por isso me espantei com a minha reação a esse livro! 

Assim que eu recebi esse livro, iniciei a leitura exatamente três vezes, sim TRÊS VEZES! E em todas elas eu não conseguia passar do capítulo três (seria um pressagio?!), então por ter colocado ele no desafio (quer dizer que acho que peguei pesado, pois coloquei livros que eu realmente comecei e parei, aí já viu né!) abri e só parei a leitura quando o livro chegou ao fim, ufa!

Eu não senti nenhum tipo de ligação com os personagens, sem falar que achei a história um pouco sem pé nem cabeça, até porque nos dias de hoje que em sã consciência é traída pelo noivo, pega a estrada , conhece um estranho e dá uma carona para ele ( digo a você podia ser um Deus Grego dá vida, mas no meu carro não entrava!).

A atração explosiva que eles dizem sentir e o romance em si, não me convenceu nem um pouco e devo confessar que eu ainda estou tentando entender o porque do título do livro se Cretino Abusado, sério! Sem falar também das coisas que caem de paraquedas na história que você não sabe de onde vieram e porque aconteceram e muito menos ainda como foi que se resolveram tão rápido (sim,  estalar os dedos pode funcionar aqui).

Tem suas partes engraçadas, têm! Tem algumas passagens fofas, têm! Mas também tem muita forçação de barra, sim senhor, e isso não compensa as partes boas que o livro teve. 

Para passar o tempo pode até ser uma boa pedida, mas confesso que por ser da Penelope Ward eu esperava muito mais. Descobri que Cretino abusado é o primeiro volume de uma série que possui o mesmo nome do livro "Cocky Bastard", no entanto eu não estou muito animada para lê-los não.

Você já leu? O que achou?   

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)