A Arte de Inventar o Amor - Kristan Higgins


TítuloA Arte de Inventar o Amor
Titulo Original: Someone like you
Autor: Kristan Higgins
Editora: Harper Collins Brasil 
Número de Paginas: 336

Grace dominava como ninguém a arte de inventar o namorado perfeito…

Não que isso a deixasse desconfortável. Afinal, existem aqueles que se deleitam em olhar vitrines de grifes que não cabem no bolso… Outros, se realizam colecionando fotos de resorts de luxo que jamais irão visitar. Ela apenas criava o homem ideal et voilá!, ficava amiga das meninas mais populares da escola… Ou suportava ter de trocar o pneu furado em meio a uma nevasca imaginando que recebia a ajuda de um verdadeiro gentleman. 

Quando começa a ser cobrada pela família para arrumar um marido, Grace anuncia em alto e bom som que tem se encontrado com alguém… Alguém maravilhoso… Alguém bonito… Alguém completamente ilusório! Mas desta vez ela é convocada a apresentar o novo pretendente em carne e osso.

Callahan O'Shea, vizinho de Grace, é totalmente o oposto do “Senhor Perfeito”. Renegado e com um passado que o condena, ele não se encaixa nos devaneios dela. Mas, pensando bem, o namorado imaginário bem que poderia ter o corpo de Callahan… Ou o senso de humor afiado dele… Talvez, quem sabe, a mesma inteligência e o mesmo coração grande! Uau! Não. Callahan O'Shea não poderia ser seu homem perfeito! Mas uma pergunta deixa Grace inquieta: se Callahan é tão errado, por que ela sente que tudo se encaixa perfeitamente quando estão juntos?
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Lá estava eu mais uma vez em busca de um romance mulherzinha para desopilar e eis que me deparo com essa capa!! Sim! Bem tipo pichação de cartaz mas que ficou um barato!

A Arte de Inventar o Amor de Kristan Higginsme cativou logo de cara pela capa, mas quando li a sinopse me rendi sem vergonha nenhuma e caí na leitura muito emocionada pelo que eu ia encontrar.

Quem nunca inventou um namorado fictício, que jogue a primeira pedra! Sim, nós leitoras temos vários namorados fictícios que se pudêssemos tirar das páginas dos livros, a fila ia ser enorme para  ver quem ia ser a primeira a ter esse privilégio.

Grace é uma mulher que tinha tudo nas mãos, estava noiva do homem que amava, uma casa linda e mobiliada do jeitinho que ela queria, casamento marcado, vestido comprado, enfim tudo pronto para o dia "D", até que um percalço aparece e tudo vai abaixo! Sim, o que aconteceu foi o que nenhuma noiva deveria passar! Grace soube praticamente as vésperas do casamento que seu noivo não a amava mais, e sim que estava loucamente apaixonado pela sua irmã caçula!

Mas calma!! Grace conseguiu se reestruturar e seguir em frente, pois na separação ficou com a linda casa que ela havia escolhido, mas isso não quer dizer que a relação ficou estremecida com os familiares, e para piorar o livro já começa num casamento, não o da irmã mais sim o de uma prima, o que não quer dizer que os olhares de piedade para ela são poucos e para completar a irmã está lá com o seu ex noivo!

No entanto para a sua felicidade ou infelicidade, depende do ponto de vista, ela acaba criando um namorado fictício para que as pessoas deixem de ter pena dela, porém o destino da o seu jeitinho e eis que seu novo vizinho, Callahan O'Shea, é um gato com um passado conturbado, porém não impede que a paixão floresça entre eles.

A Arte de Inventar o Amor é um livro que nos fala claramente que para o amor não existe perfeição e não importa qual seja o seu tipo ideal, mesmo que você só sinta atraída por morenos altos de olhos claros, vai que o destino lhe arrume um baixinho loiro de olhos castanho, afinal... nunca se sabe.

Claire é uma mulher que pelo que se descreve parece ser insegura, mas o pior é que não, ela sabe muito bem o que quer, no entanto não gosta de ficar para trás em nada e por isso inventa lindos namorados para fazer inveja as amigas ou até mesmo aplacar os instintos casamenteiros da mãe.

Callahan é um homem que já sofreu muito com mentiras dos outros que acabaram sobrando para ele, e sim, nada disso foi legal porque ele acabou pagando por algo que ele não fez!

Callahan e Grace se tronam um casal improvável mas com toda a química que se tem direito, mas quando ele descobre esse pequeno detalhe sobre ela, coloca todo esse amor em cheque.

Um romance fofo e cheio de clichês com um final diferente e adorável, sim aqui não é mais um dos finais que prevemos logo de inicio, sim os dois terminam juntos mas o que acontece até que isso aconteça é que dá todo o charme ao livro. Recomendo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...