Casamento de Conveniência - Georgette Heyer

Casamento de Conveniência
TítuloUma noite para se entregar
Titulo Original: A week to be Wicked
Autor: Georgette Heyer
Editora: Record
Número de Paginas: 336

Quando o conde de Rule pede a mão de Elizabeth Winwood, no ano de 1776, não sabe o problema que causará à bela jovem. 

Ela está comprometida com o admirável mas pobre, tenente Heron. 

O final infeliz para essa história só pode ser impedido pela impetuosidade da irmã mais nova de Elizabeth, Horatia, que se oferece para se casar com lorde Rule.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Casamento de Conveniência é um romance histórico da Georgette Hayer, conhecida como uma " mãe" do gênero, e é claro que assim que eu descobri esse detalhe eu não podia deixar de ler um de seus trabalhos.

O livro já começa em momento que tem tudo para ser o mais feliz de uma jovem: um conde quer pedir sua mão em casamento! Mas para Elizabeth Winwood não é bem assim, pois ela está comprometida com o tenente Eduard Heron, que apesar de não ser rico e influente é o dono de seu coração.

Horatia "Horry" Winwood vendo a aflição da irmã rapidamente pensa em um plano que vai ajudar a todos, mas para isso ela precisa perguntar direto na "fonte" se o plano poderia dar certo, afinal ela não é nenhuma beldade e tem certos "defeitos" que alguns homens podem não aceitar. Assim ela acaba indo até o conde de Rule e lhe faz uma proposta: casar-se com ela em vez de sua irmã.

E então tudo transcorre como Horry queria e todos seriam felizes para sempre, bem claro que alguns percalços acontecem no caminho mas no fim tudo dá certo.

Casamento de Conveniência poderia se chamar muito bem de As trapalhadas de Horry Winwood, porque serio o livro inteiro ela faz besteira atrás de besteira. E o Marcus, conde de Rule aguenta cada coisa. #ai

No entanto confesso que comecei a ler esperando uma grande história, diálogos interessante e personagens marcante, mas não foi bem isso que encontrei. Achei a história confusa e repetitiva, e em alguns momentos chata!

Sim, para eu chegar ao ponto de achar um romance histórico chato a história não deve ser lá essas coisas. Os personagens tinham tudo para serem marcantes e agradáveis, mas me vi agoniada com alguns e até mesmo frustrada por outros. Se você pensa que eles vão agir de uma forma eles agem de outra e não foi legal.

O livro só começa a melhorar um pouco perto do fim, sim você passa 300 páginas esperando um tcham e quando ele chega... fim.

Casamento de Conveniência é um livro lento e arrastado, que não empolga muito o leitor por ser um pouco confuso. O timming do livro não é muito bom também, pois mal Horry sai de uma trapalhada começa outra! Não sei se lerei outro livro da Georgette por não ter curtido muito esse, mas quem sabe futuramente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...