Belo Desastre - Jamie McGuire

Belo Desastre

Título: Belo Desastre
Título Original: Beautiful Desaster
Autor: Jamie McGuire
Editora: Verus
Número de Paginas:392


Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. 

Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. 

Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. 

Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Aloha meus queridos!

Hoje eu vim falar um pouco para vocês sobre o que eu achei de Belo Desastre da autora Jamie McGuire, que eu já tinha ele há um bom tempo e tinha comprado apenas porque estava na moda, mas confesso que depois de ler muitas resenhas ambíguas dele, encostei ele na estante e esperei estar no clima para lê-lo e eis que chegou o momento e só porque estou na vibe de lutas por causa do livro do Remy, ok vamos deixar de enrolação e falar sobre ele certo.

Abby é uma garota que está fugindo de seu passado sombrio e tenta se transformar em outra pessoa, uma garota que veste cardigãs e é muito estudiosa, não fala palavrões e não bebe (abro um parentese aqui para comentar sobre isso depois), e é lógico só quer saber de caras certinhos. 

Travis Maddox é um bad boy tatuado e super sexy, mas do tipo ame e deixe-as o que quer dizer que ele pega, usa e dispensa. Luta as noites para descolar uma grana, e em uma dessas lutas ele se depara com Abby, de uma forma muito dificil de esquecer, e desde então cola na garota e tenta atraí-la para que ela caia em seu charme e como não consegue tenta uma forma nada ortodoxa de fazer com que ela cole nele através de uma aposta, digamos um tanto absurda.

Comecei a ler o livro já sabendo muitas coisas que iria encontrar nele, até porque li muitas resenhas e muitas eram repetitivas, ou seja eu já estava ciente que iria ter alguns absurdos, clichês, romance chiclete e até mesmo um pouco de obsessividade. 

Abby não me contagiou em nenhum momento da história, mas calma que eu vou explicar porque já estou acostumada com mocinhas indecisas e um tanto quanto sonsas, mas ela atingiu um novo patamar pois a princípio ela parece ser a garota certinha, que faz seus deveres, usa roupas sóbrias, mas logo nas primeiras dez páginas é evidente que esses dois tem mais em comum um com o outro do que podemos imaginar ao ler a sinopse do livro. Até porque quando ela finalmente se solta a garota deixa qualquer marmanjo para trás quando se trata dos famosos vira de tequilas, ela bate o recorde de qualquer um.

E o que falar de Travis Maddox, o homem pelo qual muitas meninas suspiram e dariam tudo para receber pelo menos um real de atenção desse belo rapaz.  Travis me deixou bastante intrigada no começo do livro, mas ao passar das páginas fui ficando com um pouco de medo dele, principalmente com seus ataques de ciúmes repentinos e seus arrependimentos "the flash", pois ele fazia a burrada e queria perdão no mesmo minuto por medo de perder a amada.

Muitas pessoas falam do apelido que ele colocou nela: Beija-flor. Na verdade eu achei fofo, até porque eu já vi piores (acredite chamar a amada de ursinho não é legal), então não fiquei muito incucada com isso (uma coisa que não entendi foi a borboleta na capa, alguém sabe explicar?), mas fiquei incucada quando foi revelado o motivo que a Abby teve de mudar toda a sua vida e do nada esse passado volta e ela mais uma vez está com sua antiga vida diante de seus olhos e age de uma forma surpreendente como se nada estivesse no passado.

Belo Desastre é um livro bom? É. Tem clichês? Sim. Tem alguns absurdos? Sim. Mas é um livro que prende o leitor até o fim para saber como é que esses dois desajustados vão se ajustar (o que não me agradou, porque achei um tanto quanto precitado), por isso não se surpreenda com a rapidez dos fatos, sim tem certas coisas que acontecem rápido demais, e nem com a forma com que as coisas são esquecidas, sim eles tem memoria seletiva, e muito menos com as decisões, atitudes e escolhas que são tão sem noção do tipo sem pé nem cabeça.

Um livro recheado de sentimentos conflitantes que deixam o leitor em certos momentos indecisos, até mesmo revoltado com o desenrolar da história, enfim é um livro que divide opiniões e é do tipo que você ama ou odeia, no meu caso eu não odiei e nem cai de amores por ele porém não é um livro que eu ache que leria novamente, mas como sou teimosa vou atrás do Desastre Iminente (livro contado pelo Travis, que Deus me ajude) para ver se alguma luz aparece e me faz entender o que a Jamie quis passar com esse livro.

2 comentários:

  1. Eu até leria se não fosse série..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Gigi, mas olha dar para lê-los separados tá! ^_^

      :*

      Excluir

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...