Deusa da Primavera - Série Goddess #2 - P. C. Cast

Deusa da Primavera
TítuloDeusa da Primavera
Titulo Original: Goddess of Spring
Autor: P. C. Cast
Editora: Novo Século
Número de Paginas: 424

A padaria de Lina em Tulsa não está dando lucro – e ela precisa de um plano para salvar o negócio. Ao se deparar com um livro de receitas de uma deusa italiana, Lina acredita ter encontrado a resposta de que necessita – mesmo que isso signifique convocar uma deusa antiga... 

Em pouco tempo, Lina encontra-se face a face com a deusa Deméter, que propõe a ela trocar de lugar com Perséfone, a Deusa da Primavera, a qual irá dar vida nova à padaria. Por sua vez, Lina, incorporando a adorável Perséfone, deverá conduzir Primavera a um mundo de espíritos. 

Mas quando o atraente e soturno Hades desperta uma chama em seu coração, Lina não sabe se o sombrio Senhor do submundo é seu pior pesadelo – ou o homem dos seus sonhos.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
O livro Deusa da Primavera é o segundo livro da série Goddess da autora P.C. Cast, a mesma autora da série Morada da Noite (House of Night) e nele nós adentramos no Submundo e conhecemos um pouco mais sobre o temido Hades.

Lina é uma mulher de descendência italiana e que têm um verdadeiro dom de cozinhar, e por isso ela acaba realizando um de seus grandes sonhos que é a sua panificadora Panes de Deusa, que é a sua menina dos olhos e por quem ela passa a vida a se dedicar. No entanto por causa de um contator horroroso ela acaba se complicando e pode acabar perdendo a sua linda panificadora.

Deusa da Primavera foi um livro que me surpreendeu bastante, sim eu adorei a história, da mesma forma que o seu antecessor ele nos traz mais uma vez a presença dos Deuses do Olimpo se envolvendo com os mortais, só que nesse caso um Deus e uma mortal (mesmo ele pensando que se trata de uma Deusa), o que deixou o livro ainda mais interessante.

Lina, diferente de outras mocinha que eu já vi ou li, é uma mulher madura om mais de quarenta anos, divorciada e mora com uma duplinha dinâmica que é composta por um preguiçoso gato e uma ativa cachorrinha. Tem funcionários fieis que estão presentes para ela para o que der e vier e é claro a ajudam a fazer a sua panificadora ser o sucesso que é.

Mas por confiar na pessoa errada, Lina pode acabar vendo seu empreendimento falir e é claro que ela não vai deixar isso acontecer e para isso ela vai atrás de novas receitas para incrementar o seu cardápio e acaba tropeçando com uma receita fascinante, porém o que ela não sabe é que está se metendo com algo maior do que imagina. 

E esse algo maior é nada mais nada menos do que Deméter e sua filha Perséfone que propõem uma troca a Lina, durante seis messes Perséfone ficará no corpo de Lina e cuidará de sua padaria e Lina ficará no corpo de Perséfone e irá até o submundo levar um toque de primavera à aquele lugar tão sombrio e triste.

P.C. Cast mais uma vez me surpreendeu com sua escrita e com a escolha de seus personagens e a forma de retratá-los, o que para mim foi uma surpresa agradável, até porque eu nunca conseguiria imaginar uma jovenzinha encarando o grande e poderoso Hades sem fugir assustada.

Hades não foi nada do que eu imaginei que fosse, claro ele é forte, temido, assustador, mas tem um lado que ele não demostra a ninguém até porque ele tem que manter a ordem em um lugar que ninguém quer visitar, né! 

Deusa da Primavera mostra um outro lado da mitologia que muita gente dava como certo. Não sei se vocês conhecem a história que o Hades sequestrou Perséfone e a arrastou ao submundo e acabou fazendo um acordo com a mãe dela para que ela passasse seis messes no submundo e seis messes no mundo dos Deuses para que a primavera pudesse aparecer. Pois é não foi nada disso que aconteceu, mas não vou poder falar se não estrago a história.

O livro começa jogando várias informações que cansam um pouco mas depois o ritmo se torna uma delicia. Tem de suspense até mesmo o humor, mas o que mais me encantou foi a forma que foi descrito o submundo e é claro o castelo do todo poderoso Hades, que acredite não tem nenhuma caveira ou ossos em sua decoração.

Deusa da Primavera é um livro que quebra várias visões e paradigmas que foram passadas através de muitas outras histórias. Hades não é tão ruim e assustador como os outros o retratam e Perséfone não é tão perfeitinha assim. Estou muito ansiosa para ler o próximo volume dessa série e espero que seja tão bom quanto esse e que venha a Deusa da Rosa. Recomendo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...