Procura-se um marido - Carina Rissi


Procura-se Um Marido
TítuloProcura-se um Marido
Autor: Carina Rissi
Editora: Verus
Número de Paginas: 476

Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família.

Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada.

Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel.

Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou.

Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Depois de tantas cobranças enfim li esse livro. Procura-se um marido é um livro cativante e muito bem humorado, sem dúvida um romance pra ninguém botar defeito. E claro, vai entrar para lista de um dos melhores de 2013 entre todos que li, com certeza. 

Bom gente, a leitura já começou boa pelo simples fato de a história ter sido escrita pela querida Carina Rissi, autora nacional que eu particularmente sou fãzona do seu trabalho, pois a sua escrita e o estilo literário são bem parecidos com outra autora de grandes romances check list que eu também gosto muito, que é a Meg Cabot (autora de O diário da princesa; A rainha da fofoca; entre outros...). Então, a Carina tem um grande talento de juntar o útil ao agradável, sempre mesclando o amor com humor em seus romances, e essa combinação é perfeita, cai como uma luva no gosto da mulherada.

Procura-se um marido é um livro ótimo, bem escrito, narrado em 1ª pessoa pela personagem principal a Alicia Lima, uma menina de 23 anos que vive sua vida de forma adoidada, cheia de aventuras, com direito a viagens e muitas baladas em sua agenda diária. 

Alícia, uma moça impetuosa foi criada pelo seu avô Narciso desde a morte dos pais quando ainda era criança, ele sempre no direito de avô tinha muitas preocupações com relação a vida nada regrada em que sua neta tinha e portanto deixou avisado que se ele falecesse antes de vê-la casada e andando na “linha”, ele não sossegaria. Após um enfarte, o vovô morre e Alicia fica sem chão, pois ela se descobre sozinha, e com a vida de cabeça para baixo ao saber que o seu avô a deixou sem direito a nada da sua fortuna e como seu tutor, o mordomo da casa, Hector, na qual tinha como responsabilidade regrar a vida da moça a partir de então.

É quando ela percebe que lhe foi dada apenas a oportunidade de ter um emprego na empresa do avô e que seus luxos diários acabariam, até porque o seu salário não teria nem como manter o próprio carro. Além disso, Hector lhe informa que ela só terá direito a herança quando casar oficialmente e tiver responsabilidades.

Alícia entra em desespero com tantas mudanças, odeia o emprego que ganhou na empresa do avô, até porque as pessoas são totalmente hostis à sua presença. Principalmente o homem gato dos olhos de esmeralda que ela conheceu no primeiro dia de trabalho, Maximus, o Max, um dos funcionários da empresa que ela conheceu quando se chocou com ele, derrubando vários papéis no chão. Quem era aquele moço tão lindo mas que ao mesmo tempo fora tão rude com ela? é a partir daí que eles criam um relacionamento, porém não é nada saudável já que vivem em confronto o tempo todo.

Diante de tantas dificuldades, Alícia se vê na obrigação de colocar um anúncio em um jornal no intuito de encontrar um marido de aluguel, tudo em nome de recuperar a herança do vovô. Essa é uma das partes mais engraçadas, pois ela conhece diversas pessoas e nenhuma delas são nada favoráveis ao cargo. E quando ela pensa em desistir aparece o último candidato, uma pessoa que realmente nunca imaginaria quem seria, e quem seria mesmo? O Max, é claro, ele fica chocado por se tratar de ninguém menos que Alícia, o mesmo acontece com ela, afinal ele não estava procurando uma namorada e sim uma oportunidade de subir na vida, já que para ele conseguir uma promoção na empresa, seria preciso estar muito bem casado e foi aí que a intenção do dois acabou interessando ambas as partes.

No meio dessa confusão toda, Max e Alícia se casam numa cerimônia pra lá de rápida e com direito a mudança de casa e tudo mais (sendo a casa dele, obviamente). Tudo vai ficando muito estranho, a convivência sendo mais forçada e o casal se tornando cada vez mais íntimo um do outro.

É quando as coisas vão ficando difíceis, pois Alícia descobre algumas falcatruas sobre o testamento do seu avó, o que faz com que ela corra atrás do tempo perdido e lutar pelo que é seu, mas para revalidar aquilo que lhe pertence, ela precisa se decidir entre uma mentira à uma vida que sempre lhe pertenceu e lhe foi tirada pelo destino.

Diante de tantas aventuras que esse livro traz, mostra também a importância do amor fraternal e afetivo, o quanto a família é a base de tudo na vida de uma pessoa assim como ter um amor companheiro ao lado é necessário para se viver mais feliz, com mais humor e paixão pelas simples coisas do dia a dia. O afeto que Alícia sente pelo avô e por Max, mostra que na vida, não precisa de muito para ser feliz e que o amor por si só basta. E que as vezes não é necessário ir muito longe para encontrar a felicidade.

Você ri, se diverte e se emociona com esse livro. Tá mais do que recomendado!

4 comentários:

  1. Resenha bonitinha! Tenho vontade de ler algo da Carina, mas se fosse escolher, creio que optaria primeiro por Perdida. Em todo caso, legal ver que todos os leitores dizem coisas muito positivas da autora e dos dois livros.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Aline, é um livro muito bom, vale a pena ler, e particularmente eu gostei bem mais dele do que de Perdida ;)

      Excluir
  2. Nossa ótima resenha, estava na dúvida se valia a pena ler ou não mas agora não me restam dúvidas o livro é cativante!

    ResponderExcluir
  3. Que bom que você gostou Ana, sem dúvida irá amar esse livro, ele é tuuudo de bom ;)
    Continue acompanhando as resenhas do blog = )

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...