Delírio - Lauren Oliver



TítuloDelírio
Titulo Original: Delirium
Autor: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Número de Paginas: 352

Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. 

Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. 

Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. 

Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. 

Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. 

Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Foi uma grande responsabilidade resenhar esse livro, pois ele é um dos meus preferidos, e para mim ele só perde para Orgulho e Preconceito da DIVA Jane Austen, até porque Jane é Jane. 

Então, nunca li nenhum romance da Lauren Oliver, porém ao ler a sinopse, fiquei super interessada, outra coisa que me chamou a atenção foi o fato de o livro se tratar de uma temática diferente, algo que jamais seria pensando para a sociedade, algo como o amor ser constatado como uma doença, em uma sociedade futurista, e por causa desse enredo o livro é considerado como distópico (tratar-se de mundos que vivem em sistemas controlados de forma classificatória seja por raças, etnias, classe social sempre estando relacionados entre si por motivos adversos...).

Nele conhecemos Lena, uma garota que está prestes a completar 18 anos e sonha com o dia que passará pela INTERVENÇÃO, ou seja, será ‘vacinada’ contra o vírus do “amor delíria nervosa”, nome científico pela qual foi diagnosticada a doença do século, a qual já matou várias pessoas. 

E por esta razão os adolescentes, a partir da maior idade são incitados a sofrer a intervenção na intenção de não serem prejudicados com esse tão temido vírus. Afinal naquela sociedade viviam-se “bem” segundo aquela maneira. As famílias eram constituídas conforme o pareamento de casais, sem nenhum envolvimento emocional ou até mesmo afeto entre os familiares ou similares. 

Voltando a nossa personagem principal, Lena, que está no ápice de sua juventude e nunca soube o que era sentir afeição por alguém, já que desde o seu nascimento ela nunca tinha tido uma experiência desse tipo, tanto é que ela sonhava muito com esse momento. 

Porém no dia em que seu sonho iria se tornar real, ela é interrompida na sala de avaliação por uma invasão de vacas que surgem do nada no laboratório, é nesse instante que ela se depara aflita, parada com o olhar fixo em um certo rapaz que a espreita observava tudo à distância. 

Alex, o rapaz que a observava no laboratório. Os dois começam a ter uma relação harmoniosa e a partir daquele dia, estavam sempre juntos. É aí que o livro todo se desenvolve, Lena se apaixona por Alex e começa a sentir coisas que ela não sabe definir, e se fosse a tão temida Delíria nervosa, ela iria tentar adiar o quanto pudesse a sua intervenção para conhecer mais esses sentimentos.

Recomendo demais esse livro, eu li numa época em que um turbilhão de pensamentos confusos se passavam pela minha cabeça, e a questão do amor era uma delas, sempre duvidei muito da essência desse sentimento (quando se trata da relação afetiva) e esse romance me fez abrir os olhos para certas coisas da vida. Me identifiquei muito com a personagem principal, pela sua maturidade apesar da pouca idade e também pela sua determinação. 

Por ser uma trilogia, a história de Lena não vai parar por aí, o segundo livro que se chama Pandemônio, foi lançado em março deste ano e como eu já li, garanto que tem muitas surpresas pela frente. 

A abordagem do tema dessa trilogia é tão interessante que faz com que reflitamos sobre o significado do amor em seu sentido completo, seja do âmbito familiar ou afetivo, e através dessa história, aprendemos a enxergar além do que está visível a olho nu. 

A história de Lena, envolve e emociona, fazendo com que estendamos a real importância do amor na vida do ser humano.

5 comentários:

  1. Pois é como você havia dito eu tbm gostei da sinopse porém ainda não li o que é uma pena! Acho a premissa incrível e fico me remoendo por ainda não ter comprado o livro. Como você disse que a continuação é muito boa e vem surpresas me deixou mais curiosa ainda.

    Beijos
    http://www.partesdeumdiario.com/

    ResponderExcluir
  2. Que bom que vc gostou querida Luana!!!
    Aposto que não irá se arrepender, vale muito a pena ler essa trilogia ;)
    Grande abraço menina! ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu li a trilogia e ADORO. Uma das preferidas com toda a certeza.

    ResponderExcluir
  4. Amo muito essa trilogia, mais queria saber, qnd vai ser lançado o filme?! Alguém poderia me falar?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aloha Cassy!!

      A última noticia era que estava em processo de gravação, mas faz tempo isso. Então não sei te informar =(

      :*

      Excluir

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...