De volta para Casa - Karen White


De Volta Para Casa
TítuloDe volta para Casa
Título Original: Falling Home
Autor: Karen White
Editora: Novo Conceito
Número de Paginas: 448

Cassie Madison fugiu de Walton, Geórgia, para Nova York quando soube que sua irmã, Harriet, e seu amor, Joe, tinham-na traído e iam se casar. Ao chegar em Manhattan, sua ideia era se reinventar, mergulhar de cabeça na carreira e até mesmo perder o sotaque provinciano. 

Tudo para apagar seu passado marcado pela traição e por uma família que não lhe tratara com o devido cuidado. Mas, numa noite, um único telefonema de sua irmã trouxe de volta tudo que ela pretendia esquecer. 

Com o pai muito doente, ela foi obrigada a fazer a viagem de volta e, enquanto arrumava as malas, seus maiores medos eram que o pai morresse sem que ela pudesse estar com ele e... encontrar a família feliz que Harriet e Joe tinham construído. Já em Walton, Cassie percebe que enfrentará uma imensa batalha particular, porque, afinal, ela não consegue deixar de amar seus sobrinhos — e nem deixar de se sentir em casa, naquela cidadezinha de sua infância. Enquanto se divide entre o rancor e a esperança, velhas e queridas lembranças e uma mágoa insustentável, o destino arrumaria uma forma de aproximá-la do que realmente importa: o verdadeiro amor.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O que falar desse livro?! Pois é pessoal, esse é daqueles em que eu chamo de “book mascarado” rs, pois toda a sua proposta (sinopse e contexto literário) me enganou. De início, comecei a ler imaginando que seria um romance daqueles em que a gente não consegue largar, do tipo em que a protagonista sofre, chora, mas lá na frente ela se recupera e volta com tudo, bem estilo “Revenge” rs, porém nada acontece dessa forma.

Definitivamente esse livro não é um livro de vingança, é um livro de perdão, renúncia e amadurecimento, só entende quem já leu. Então vamos lá, vou tentar resumir o que eu achei:

Cassie a nossa protagonista, não é aquela mocinha jovem dos romances YA em que estou acostumada a ler, ela é uma mulher madura com seus 35 anos de idade, já tem sua vida realizada tanto profissionalmente quanto emocionalmente, apesar de viver de forma bem atribulada em Nova York.

Então, ela se vê obrigada a voltar para sua antiga casa em Walton no interior da Geórgia, tudo porque o seu pai está em fase terminal e precisa rever a sua filha mais velha, o que a deixa amedrontada, pois só pelo fato de voltar e ver sua irmã Harriet feliz e casada com o seu ex-amor, (e ainda com 5 filhos), a deixa extremamente desconfortável, afinal ela foi embora do interior há 15 anos atrás, fugindo para NY porque tinha descoberto que o seu namorado a teria traído com sua irmã, o que a deixou terrivelmente abalada. 

Ao se ver nessa situação de dar de cara com o passado, Cassie vai para Walton já com hora marcada de voltar para capital, porém as coisas saem totalmente diferente do que ela imaginava que seria. 

Além de passar por diversas situações complicadas, como a morte do pai, a venda da sua casa de infância, a descoberta de um possível irmão mais velho fora do casamento, Cassie acaba se tornando amiga do seu ex e aceitando a felicidade da irmã quando percebe que eles realmente são almas gêmeas um do outro, e além de tudo descobre um grande apego pelos sobrinhos, tornando-se uma tia presente e muito amorosa. 

E é no meio desse ambiente familiar que ela conhece Sam, o médico tudo de bom da família. O envolvimento dos dois é inevitável e é a coisa mais hilária do livro, pois o casal é muito irreverente, ao mesmo tempo em que eles se interessam um pelo o outro afetivamente, os desentendimentos vão acontecendo, porque para ele, Cassie é a moça sulista orgulhosa que vive sob o estilo de vida da cidade grande, enquanto ele é um bom moço do interior, mas que ao mesmo tempo se torna tosco e bruto com o seus próprios sentimentos. É aí que o bicho pega porque o noivo de Cassie vai buscá-la em Walton e como já era esperado o relacionamento deles chega ao fim e ela resolve se entregar seu coração ao lindo médico.

Com tudo andando às mil maravilhas, acontece algo que ninguém esperava, Harriet, a irmã da nossa protagonista se descobre com câncer de mama já estando em uma fase avançada, e é aí que está o ápice do livro, pois toda a história se desenvolve nesse caso. Cassie, por sua vez, se vê dividida entre sua vida profissional e emocional. Como abdicar de um emprego e de uma vida que ela tanto lutou pra ter? Ou como abandonar a sua família em um momento tão difícil?.

Realmente esse livro me surpreendeu muito. Teve alguns pontos negativos, claro, a sua tradução foi falha muitas vezes, houve alguns erros de gramática. E com relação a história, achei que a ideia de fazer do livro um romance de redenção e perdão fez com que desfocasse um pouco a essência da história da personagem principal para a doença da irmã dela. Na verdade esperei bem mais do casal Sam e Cassie, enquanto o foco do livro permaneceu sendo sempre a relação dela com o passado e a família.

No mais, essa lição de vida foi importante, ensina muito às pessoas a perdoar o passado independente do quanto ele tenha afetado a nossa vida. As vezes é importante esquecer algumas coisas passadas, pois, erros, injustiças e sofrimento, devem ser deixados para trás para que se possa seguir adiante. Perdoar e virar a página é mais interessante, só assim progredirmos no futuro aprendendo com os erros do passado.

6 comentários:

  1. Oiii flor
    eu também imaginei q a história seria totalmente diferente...
    Concordo com vc q alguns pontos podiam ter sido mais explorados...
    achei q o desfecho dela com o Sam n foi TÃO TÃO cm eu esperava
    Mas juntando tudo, gostei da história!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que bom que vc me compreende Fernanda! A historia eh bonita realmente, porém faltou algo mais ;)

    ResponderExcluir
  3. Uauu, totalmente diferente do que tinha imaginado!!
    Estou com ele aqui pra ler, mas confesso que não estou nadinha empolgada. Pode ser que me surpreenda, pode que não. Quando ler, venho te dizer o que achei!
    Erros de gramática e de tradução, acabam comigo, me desanimam completamente.
    Mas em contrapartida, a premissa que você fez dele, chamou a atenção. Esperar pra ver quando vou lê-lo rs.

    Beijos,
    Myris
    http://www.nacabeceiradacama.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ai Rafa, confesso que não tinha muito interesse nesse livro mas sua resenha acabou de me fazer mudar de ideia. Agora eu quero! :P
    Acho que vou começar online, encontrei aqui: http://portugues.free-ebooks.net/ebook/De-Volta-Para-Casa

    E depois ver se compro ou não! (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thais!! Eu ainda não li esse... quem leu foi a Aretha! =X

      Mas confesso que depois de ler a resenha dela me balancei também para ler kkkkkk

      :*

      Excluir
  5. Eu tenho esse livro em ebook, mas nunca tive 'vontade' de ler ele... Agora fiquei super curiosa.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...